Me lembro de ter acordado cedo, bem cedo. Ainda atordoado pela pressão da noite envolto em um velho edredom ridículo, notei que era possível ser feliz. Patético, me pareceu por um instante, mas eu realmente estava feliz. Foi uma sensação agradável de estar de bem com o mundo. Eu não pensei, não me questionei, apenas continuei a rotina da manhã. Algo estava diferente. O ar estava leve, e meu coração bem encaixado no peito. Estava em paz por algum motivo, até que percebi o que era a felicidade. Vivemos em busca dela como se ela fosse algo que estivesse perdida, esperando para ser encontrada. Mas quando você se perdoa, insiste ou volta a sonhar, percebe que ela nunca esteve perdida. Felicidade é o momento, e o momento é que nos encontra.
Sean Wilhelm (via garotosensitive)

(Fonte: cerejeiro)


hit counter html